15 pessoas que inspiraram músicas famosas

Você conhece as pessoas que inspiraram músicas famosas?

É muito comum que algumas pessoas tenham inspirado filmes, obras de arte e até emocionantes declarações de amor. Porém, sem dúvidas nenhum a maior inspiração são as músicas, canções que foram compostas em homenagem a pessoa amada ou alguém que se foi.

Você sabia que algumas das músicas mais conhecidas no mundo foram dessa forma inspiradas? Se não sabia, recomendo que você leia este artigo até o fim para descobrir qual foi o que levou os seguintes cantores a comporem essas belas melodias. Certamente estamos diante de algumas das mais belas canções de todos os tempos – e você certamente conhece várias delas.

Conhece mais alguma música famosa que tenha sido inspirada em alguma pessoa? Deixe a sua contribuição para que este artigo possa se tornar ainda mais completo!

Tears in Heaven

Eric Clapton escreveu essa música em memória de seu filho de três anos, Conor Clapton, que perdeu a vida ao cair de um prédio. Apesar do trauma difícil, o artista decidiu buscar inspiração na dor para poder se despedir de seu filho da melhor maneira que podia, ou seja, através da música. Foi assim que nasceu este clássico, que muita gente deixa cair uma lágrima com suas palavras emotivas de despedida para uma pessoa querida que partiu.

Garota de Ipanema

Pessoas que inspiraram músicas famosas

Vinicius de Moraes e Tom Jobim, sentados em uma mesa do antigo Bar Veloso – hoje chamado Garota de Ipanema – observaram Helô Pinheiro, na época com apenas 17 anos, a caminho da praia de Ipanema. A letra foi escrita por Vinicius em Petrópolis e era originalmente chamada de “Menina que passa”.

A melodia foi criada meticulosamente por Tom, que de início não era destinada para a música, mas sim para uma peça concebida por Vinicius que nunca saiu do papel. Posteriormente, quando Tom se encontrou com Vinicius nasceu a canção por completo. Nasce a canção “Garota de Ipanema” em 1962, chegando a ser considerada o hino da Bossa Nova.

Candle in the Wind

Pessoas que inspiraram músicas famosas

“Candle in the Wind”, Elton John – Sir Elton John teve a honra de se apresentar no funeral da princesa Diana. Ele escolheu interpretar Candle in the Wind, mas a letra foi alterada para se adaptar às tristes circunstâncias, embora a música original tenha sido escrita como uma homenagem a Marilyn Monroe, o que deixou a música muito triste desde o começo. Com milhões de pessoas lamentando a morte de Diana, a música atualizada se tornou muito popular e é, ainda hoje, o segundo single mais vendido de todos os tempos.

The Show Must Go On

Essa música foi escrita e inspirada em Freddie Mercury, quase consciente de que seria o último single que a banda gravaria com ele, já que a vida do cantor estava chegando ao fim após uma dura batalha contra o HIV. O tema musical também pretendia preparar os fãs para a notícia, já que o sofrimento de Freddie, apesar da especulação na mídia, ainda não havia sido confirmado para a imprensa no momento do lançamento do álbum.

Apesar da tristeza do tema em questão, essa música não alude a despedidas, mas é uma homenagem ao otimismo e ao esforço do cantor que, apesar do cansaço e da dor, continuou dando tudo de si para a banda, pois segundo ele “O show deve continuar”.

Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos

Pessoas que inspiraram músicas famosas

Roberto Carlos, em “Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos”, fez uma homenagem a Caetano Veloso. A letra desta música é uma homenagem ao amigo cantor feita por Roberto Carlos e Erasmo Carlos. Foi composta quando Caetano encontrava-se no exílio, em Londres, para onde foi deportado em 1969 pela Ditadura Militar.

Sweet Child o’ Mine

Pessoas que inspiraram músicas famosas

O vocalista do Guns N ‘Roses, Axl Rose, certa vez ouviu Steven Adler e Slash se aquecendo com Izzy Stradlin, que se juntou a eles com alguns acordes, e imediatamente escreveu a letra de uma das músicas mais famosas da banda. Com a ajuda extra de sua musa e então namorada, Erin Everly, ele terminou a letra na tarde seguinte, mas a música demandava uma ruptura no final.

Ouvindo a gravação incompleta, Axl Rose refletiu em voz alta: “Para onde vamos? Para onde vamos agora?”, e o produtor da banda, Spencer Proffer, sugeriu que eles simplesmente cantassem isso. O resto é história.

Wake Me Up When September End

O título da canção é uma frase textual do cantor da banda, Billie Joe Armstrong, quando, aos dez anos de idade, após o funeral de seu pai (que morreu de câncer), trancou-se em seu quarto e disse à sua mãe: “Acorde-me quando setembro acabar”, porque seu maior desejo era que este mês fosse apenas um sonho.

Os anos se passaram e, ao se tornar um cantor famoso, conseguiu fazer com que essa frase, que envolvia sentimentos tão intensos, se transformasse em uma canção que adquiriu múltiplas interpretações com as quais se identificar. Ela foi listada como uma das melhores numa lista feita pela revista Rolling Stone.

Uptown Girl

Pessoas que inspiraram músicas famosas

Billy Joel diz que se inspirou para escrever Uptown Girl depois de uma noite na companhia de duas das maiores supermodelos do mundo nos anos 80, e uma das cantoras de maior sucesso de todos os tempos; Christie Brinkley, Whitney Houston e Elle Macpherson — com quem ele estava namorando na época.

Inicialmente, Joel afirmou que Macpherson foi sua inspiração, mas mais tarde ele acabou se casando com Brinkley, que também apareceu como personagem principal do videoclipe da música — então é difícil dizer.

Wind of Change

Essa canção foi baseada em vários eventos políticos importantes que ocorreram na Europa em 1990, como o fim da Guerra Fria e do período comunista na Europa Oriental e a queda do Muro de Berlim. O sucesso foi tanto que mais duas versões foram feitas, uma em russo e outra em espanhol, intitulada “Vientos de cambio”. A música foi amplamente aceita pelo público, tornando-se um clássico da banda e um hino à paz, eternizando em sua melodia a memória desses acontecimentos.

I Will Always Love You

Pessoas que inspiraram músicas famosas

A maioria de nós conhece a música I Will Always Love You graças à icônica versão de 1992 de Whitney Houston, mas a música foi originalmente escrita e interpretada por Dolly Parton em 1973.

Parton escreveu a canção como uma despedida para seu ex-parceiro e mentor, o cantor country Porter Waggoner, depois que ela decidiu deixá-lo profissionalmente a fim de seguir carreira solo. A música era sua maneira de dizer a ele que sua escolha não era motivada por qualquer tipo de problema pessoal entre ambos, e que ele sempre teria um lugar em seu coração.

Sunday Bloody Sunday

Corria o ano de 1972, na cidade de Derry, na Irlanda do Norte. Durante uma manifestação exigindo o respeito aos direitos civis e o cessar da prisão sem julgamento de suspeitos pertencentes ao IRA, 14 pessoas morreram após um tiroteio injustificado pelas autoridades.

O episódio mais tarde seria conhecido como Domingo Sangrento. A canção intitulada com o nome do acontecimento foi escrita por Bono e The Edge, dois membros do U2, como um protesto político e uma homenagem às vítimas, tentando capturar na letra os sentimentos de um espectador do massacre.

Don’t Speak

Uma ruptura muitas vezes traz para fora nosso lado mais vulnerável e a necessidade de exteriorizar as emoções para começar a curar nossos corações. A cantora Gwen Stefani não é uma exceção.

Após sua separação do baixista da banda, Tony Kanal (com quem teve um relacionamento de sete anos), ela expressou seus sentimentos na composição desta letra que fala de duas pessoas que se distanciam até atingirem um final previsível. A melodia foi um verdadeiro sucesso e, ao longo dos anos, Gwen ainda afirma que não fica indiferente ao ouvir Don’t Speak.

True Blue

Pessoas que inspiraram músicas famosas

Madonna lançou True Blue, e a música que deu nome ao álbum foi escrita como uma “declaração de amor escancarada” para Sean Penn, com quem ela estava namorando na época e com quem se casaria até o final do ano em que escreveu. Penn amava a expressão “true blue” (verdadeiro) e a usava com frequência.

Então Madonna, sendo profundamente apaixonada por ele, obviamente a transformou em um sucesso popular. Anos depois, em 2015, Madonna declarou que True Blue é “uma música sobre amor verdadeiro”. Ela disse: “Eu não sabia do que estava falando quando a escrevi”.

Joyride

Não são necessários grandes acontecimentos para que um fato seja significativo. O autor desta canção, Per Gessle, inspirou sua melodia e letra numa carta que sua namorada deixou no piano, que dizia “Hello, you fool, I love you” (“Olá, seu bobo, eu te amo”). Essas poucas palavras simples foram tão comoventes para ele que acabou usando-as como um verso de seu hit.

Isn’t She Lovely

Pessoas que inspiraram músicas famosas

Se você ouvir a versão original, completa, de seis minutos e trinta e três segundos de Isn’t She Lovely no álbum de 1976 de Stevie Wonder, Songs in the Key of Life, você pode se surpreender ao ouvir que a música começa com a gravação de um bebê chorando.

Quando você descobre que Wonder dedicou a música à filha, Aisha Morris, e que a gravação é da primeira inspiração de Aisha, ela começa a fazer mais sentido, assim como as gravações de Wonder banhando a menina mais tarde na música.

Fonte

Link deste artigo: 15 pessoas que inspiraram músicas famosas