Os 16 maiores aviões militares que já existiram

O ser humano já foi capaz de criar e construir coisas magníficas. Torres, pontes, prédios e muitas outras estruturas comprovam que o homem avançou muito em tecnologia e no saber para conseguir erguer tais monumentos. Porém, uma das maiores realizações do homem foi ter construído os aviões e realizado um dos desejos mais antigos da humanidade: voar.

Entretanto, o ser humano não foi capaz apenas de criar aviões. O homem já construiu verdadeiros monstros dos ares e, neste artigo, nós vamos conhecer alguns deles. Esses são os 16 maiores aviões militares que já existiram!

Antonov AN-225

Maiores aviões militares

O Antonov An-225 foi desenhado na antiga União Soviética pelo Buerau de aeronaves Antonov na década de 1980. Ele é impulsionado por seis motores e é o avião mais longo (83 metros) e mais pesado já construído, com um peso máximo de decolagem de 640 toneladas. Ele também tem uma das maiores envergaduras entre as aeronaves em serviço operacional, com 88 metros.

O Antonov An-225, inicialmente desenvolvido para a tarefa de transportar o ônibus espacial soviético Buran, era um modelo maior do Antonov An-124. O primeiro e único An-225 foi concluído em 1988. Depois de cumprir com êxito as suas missões militares soviéticas, foi desativado e armazenado por oito anos. Em seguida, foi reformado e posto em operação novamente, transportando cargas de grandes dimensões comercialmente pela Antonov Airlines.

Boeing 747-8

Maiores aviões militares

O Boeing 747-8, versão mais recente do clássico Jumbo, é um gigante com 76,3 metros de comprimento. O modelo foi desenvolvido para substituir o 747-400, o modelo de maior sucesso da série, e voou pela primeira vez em fevereiro de 2010. A carreira comercial da aeronave começou no setor de carga, em 2011, com a companhia CargoLux.

Lockheed Martin C-5 Galaxy

Maiores aviões militares

Maior avião militar da atualidade, o cargueiro Lockheed Martin C-5 Galaxy também figura entre os maiores aviões de todos os tempos, com 75,31 metros de comprimento. A aeronave foi desenvolvida na década de 1960 e voou pela primeira vez em junho de 1968.

Airbus A340-600

Maiores aviões militares

A maior versão do A340 voou pela primeira vez em abril de 2001 e iniciou a carreira comercial no ano seguinte, com a companhia Virgin Atlantic. De acordo com dados da Airbus, o modelo 600 pode transportar até 440 passageiros, mas a configuração de interior mais escolhida pelas empresas aéreas foi a de 326 assentos em três classes.

O A340-600, no entanto, chegou ao mercado pouco antes da crise dos quadrijatos, cada vez mais caros de serem operados. Ainda assim, a Airbus entregou 97 unidades da aeronave até 2010 – a série A340 foi descontinuada em 2012. Esse modelo tem 75,3 metros de comprimento.

Airbus A350-1000

Maiores aviões militares

O A350-1000, maior modelo da moderna série A350 XWB, entrou em serviço em fevereiro de 2018, e passou a figurar entre os maiores aviões da história que já voaram, com 73,7 metros de uma ponta a outra. O voo inaugural da aeronave foi realizado em novembro de 2016.

Boieng 777-300

Maiores aviões militares

Maior avião bimotor do mundo, o Boeing 777-300 tem impressionantes 73,8 metros de comprimento. O primeiro voo do modelo ocorreu em outubro de 1997 e a estreia comercial aconteceu no ano seguinte, com a companhia aérea Cathay Pacific.

O modelo 300 supera o porte do primeiro 777, a versão 200, em mais de 10 metros. A aeronave foi desenvolvida pela Boeing para substituir os antigos 747-100 e 747-200, tendo a mesma capacidade e alcance dos quadrijatos, mas com um consumo de combustível até 40% inferior, por conta da configuração com apenas dois motores.

Stratolaunch Model 351

Maiores aviões militares

O gigante de material composto e seis motores a jato entrou para o ranking dos maiores aviões do mundo em 2019. A aeronave, criada pela empresa do bilionário Steve Allen, falecido recentemente, foi concebida para lançar em voo satélites ao espaço, mas problemas financeiros podem ter interrompido o programa.

O Stratolaunch só voou apenas uma vez até hoje, mas entrou para a história como o avião com a maior envergadura do mundo. São nada menos que 117 metros de uma ponta da asa à outra e 72,5 metros de comprimento, quase o tamanho do A380.

Convair B-36 “Peacemaker”

Maiores aviões militares

O “Peacemaker” era um bombardeiro estratégico operado exclusivamente pela Força Aérea dos Estados Unidos de 1949 a 1959. A aeronave foi revelada ao mundo em 20 de agosto de 1945, e voou pela primeira vez em 8 de agosto de 1946. O B-36 foi a maior aeronave propulsada por motor a pistão já produzida em massa de todos os tempos.

Ele tinha a maior envergadura de todos os aviões de combate já construídos, com 70 metros. O B-36 foi o primeiro bombardeiro capaz de carregar internamente qualquer arma nuclear do arsenal norte-americano sem modificações na aeronave. Com um alcance de 10.000 milhas (16.000 km) e uma carga útil máxima de 72.000 lb (32.600 kg), o B-36 foi o primeiro bombardeiro tripulado do mundo com um alcance intercontinental sem reabastecimento.

Boeing 747-100/200/300/400

Maiores aviões militares

As primeiras versões do Boeing 747, os modelos 100, 200, 300 e 400 têm o mesmo porte, com 70,6 metros de comprimento. O voo inaugural da série aconteceu em fevereiro de 1969 e no ano seguinte a aeronave iniciou uma revolução na aviação comercial. O 747 foi o primeiro avião de longo curso e grande porte, o que tornou as viagens aéreas mais acessíveis.

Hughes H-4 Hércules

Maiores aviões militares

O Hughes H-4 Hércules é um protótipo para um hidroavião de transporte pesado aéreo estratégico com 66 metros de comprimento e 97 metros de envergadura. Concebido durante a Segunda Guerra Mundial para o uso no transporte aéreo transatlântico, não foi concluído a tempo de ser utilizado na guerra. A aeronave fez apenas um breve voo em 2 de novembro de 1947, e o projeto nunca avançou.

Construído de madeira por causa da escassez de alumínio e as preocupações sobre o peso, foi apelidado pelos críticos de “Spruce Goose” (algo como Ganso Asseado, bem apresentado, arrumado). O Hércules é o maior hidroavião já construído e tem uma das maiores envergaduras de qualquer aeronave na história.

Blohm & Voss BV 238

Maiores aviões militares

O Blohm & Voss BV 238 era um hidroavião alemão construído durante a Segunda Guerra Mundial. Extremamente pesado, voou pela primeira vez em 1944, e foi a maior aeronave produzida por qualquer das potências do Eixo na Segunda Guerra Mundial naquele período.

O único BV 238 concluído foi metralhado e afundado por caças da RAF no final de abril de 1945. Os aliados acreditavam que Hitler poderia usá-lo para fugir para a América do Sul, e assim ordenaram a sua destruição. A produção de dois outros protótipos foi iniciada, mas não terminada.

O BV 238 tinha 43 m de comprimento e envergadura de 60 m.

Airbus A380

Maiores aviões militares

O maior avião de passageiros do mundo e único com dois andares com assentos, o A380 conta com 72,7 metros de comprimento. O gigante quadrimotor da Airbus decolou pela primeira vez em abril de 2005 e estreou no mercado dois anos depois, com a companhia aérea Singapore Airlines. Atualmente, a aeronave é operada por 15 companhias, sendo a Emirates Airlines a dona da maior frota, com mais de 100 unidades.

Se fosse configurado com apenas uma classe de assentos, o A380 poderia embarcar mais de 800 passageiros. Essa opção, no entanto, nunca foi escolhida pelos operadores da aeronave, que preferem o layout típico com cerca de 540 assentos, o que também não deixa de ser impressionante.

Boeing B-52

Maiores aviões militares

Começando com um contrato bem-sucedido em junho de 1946, o design do B-52 evoluiu de uma aeronave de asa reta, propulsionada por seis motores turboélice para o protótipo YB-52 com oito motores. O B-52 realizou o seu voo inaugural em abril de 1952. Construído para levar armas nucleares em missões de dissuasão durante a Guerra Fria, o B-52 Stratofortress substitui o Convair B-36. Veterano de várias guerras, o B-52 só usou munições convencionais em combate.

Ela tem 48 m de comprimento e uma envergadura de 56 metros.

Martin JRM Mars

Maiores aviões militares

O Martin JRM Mars é um grande hidroavião de transporte, dotado de quatro motores, originalmente projetado e construído para a Marinha dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial. Foi o maior hidroavião dos Aliados a entrar em produção, embora apenas sete fossem construídos.

Ele tem 35 m de comprimento e envergadura de 60 m.

Boeing 747 Dreamlifter

Maiores aviões militares

O 747 Dreamlifter é uma espécie de “cavalo de carga” a serviço da Boeing. A aeronave, com 71,6 metros de comprimento, foi desenvolvida com o propósito único de transportar as grandes peças do jato 787 entre as fábricas da empresa pelos EUA.

A versão Dreamlifter é baseada no 747-400. As principais modificações são a evidente “corcunda” na fuselagem e a porta de acesso traseira, de abertura lateral. Curiosamente, o modelo de carga não foi convertido nos EUA, mas sim em Taiwan, pela Evergreen Aviation Technologies Corporation.

Messerschmitt Me 323 “Gigant”

Maiores aviões militares

O Messerschmitt Me 323 foi uma aeronave de transporte militar alemão da Segunda Guerra Mundial com 28 metros de comprimento e 55 metros de envergadura. Era uma variante do planador motorizado militar Me 321 e foi a maior aeronave de transporte terrestre da guerra. Um total de 213 estão registrados como tendo sido fabricados.

O Me 323 foi o resultado de uma exigência alemã de 1940 para um grande planador de assalto em preparação a invasão da Grã-Bretanha. Depois que a operação foi cancelada, a necessidade permaneceu por um transporte pesado que poderia entregar veículos e suprimentos. O Me 321, a versão planador, foi produzida pela primeira vez em 1941 e foi tomada a decisão de produzir uma variante motorizada, que foi designada Me 323.

Fonte

Link para este artigo: Os 16 maiores aviões militares que já existiram